Pesquisar entre um período de datas:
 /  /   até   /  / 
Data no formato dd/mm/aaaa

Empresários lançam em São Paulo carta em prol da biodiversidade
(28/09/2010)

Por Agência Costeira

Documento apresenta propostas direcionadas ao poder público e compromissos do setor em prol de ações de conservação e uso sustentável dos elementos da biodiversidade brasileira

Preocupados com a crescente perda de biodiversidade e suas consequências diretas sobre a economia, empresários brasileiros lançaram nesta quinta-feira (23/9), em São Paulo, a Carta Empresarial pela Biodiversidade com o objetivo de debater um modelo de negócio que integre produção, consumo e conservação da diversidade biológica no país.

Promovido pelo Movimento Empresarial pela Biodiversidade (MEB), do qual fazem parte a Vale, Walmart, Alcoa e Natura, o documento apresenta propostas direcionadas ao poder público e compromissos do setor em prol de ações de conservação e uso sustentável dos elementos da biodiversidade brasileira. Cerca de cinquenta empresas já aderiram ao movimento.

Os signatários, com o apoio das organizações da sociedade civil integrantes do MEB, se comprometem a adotar os princípios e objetivos definidos na Convenção sobre Diversidade Biológica (CDB) - da Organização das Nações Unidas (ONU) -, incorporando em suas estratégias corporativas ações de manutenção da diversidade biológica, além da repartição justa e equitativa de benefícios advindos de seu uso.

O setor empresarial pretende ainda contribuir para a definição e cumprimento das metas nacionais do Plano Estratégico da CDB (do período 2011-2020), criar mecanismos para que as cadeias de valor não colaborem para a degradação dos ecossistemas e perda de biodiversidade, bem como assegurar atividades econômicas que privilegiem a manutenção e recuperação dos biomas brasileiros, evitando sua conversão em áreas degradadas.

Os empresários declaram também a intenção de monitorar os compromissos assumidos na Carta, divulgando periodicamente os resultados das estratégias adotadas. 

A iniciativa é convergente ao Ano Internacional da Biodiversidade, declarado pela ONU em 2010, com o objetivo de trazer ao debate público global a importância da conservação da diversidade biológica em todo o mundo.

"A Carta reconhece as ações positivas do Governo Federal, que pretende exercer um papel de liderança nas negociações em Nagoya (Japão). Este protagonismo brasileiro é uma das reivindicações dos empresários. Apesar de ainda não ter metas quantitativas, o documento já indica um grande avanço e representa um marco do engajamento do setor empresarial brasileiro na conservação da biodiversidade", explica Bráulio Dias, secretário de Biodiversidade e Florestas do MMA.

Matéria-prima 

Os ecossistemas têm papel fundamental na manutenção do equilíbrio climático global e a biodiversidade desempenha diversas funções nos processos naturais. A preservação dos mesmos é um fator que assegura a continuidade das atividades humanas por meio da geração de riquezas e provisão de matérias-primas. 

Os atuais padrões de produção e consumo têm sobrecarregado os serviços ecossistêmicos e alcançado os limites dos ciclos da natureza, indispensáveis à estabilidade do planeta. A incorporação do tema à cadeia de negócios, que envolve produção e consumo, é fator essencial para a sustentabilidade da economia em todos os países.

A íntegra da carta está disponível em:

http://www.mma.gov.br/estruturas/ascom_boletins/_arquivos/cartaempresarial_meb_83.pdf

(Carine Correa, da Assessoria de Imprensa do MMA)

 

  As imagens foram cedidas por Miguel von Behr