Pesquisar entre um período de datas:
 /  /   até   /  / 
Data no formato dd/mm/aaaa

Lançamento do Livro: Costa dos Corais
(02/12/2010)

Agência Costeira



Costa dos Corais

A SOMOS EDITORA, MIGUEL VON BEHR E CAIXA ECONÔMICA FEDERAL CONVIDAM PARA O LANÇAMENTO E NOITE DE AUTÓGRAFOS DO LIVRO.

No dia 08 de dezembro, às 20 horas, no restaurante Carpe Diem.

Endereço: SCL Sul 104 Bloco D - Brasília - DF

 

A HORA E A VEZ DA COSTA DOS CORAIS

 

Será lançado em Brasília o livro de fotografias “Costa dos Corais” que revelará, ‘ao vivo e em cores’, toda a magia da história, cultura e natureza dessa surpreendente região nordestina.

 

São José dos Campos, 22 de novembro de 2010 — O arquiteto, fotógrafo e escritor Miguel von Behr lançará, às 20 horas de 8 de dezembro próximo, no restaurante Carpe Diem, na 104 Sul, em Brasília, seu mais novo livro — Costa dos Corais — terceiro volume do selo editorial Série Ecossistemas Brasileiros. O primeiro foi “Jalapão – Sertão das Águas”, representando o bioma Cerrado e o segundo, “Quixadá – Terra dos Monólitos”, Ceará, mostrando a riqueza da Caatinga. Como das vezes anteriores, este volume da Zona Costeira e Marinha, será mais uma obra da Somos Editora, de São José dos Campos, São Paulo, especializada na divulgação, defesa do meio ambiente e da valorização da cultura brasileira.

 

A obra tem prefácios da Ministra do Meio Ambiente, Isabella Teixeira e da Secretária Nacional do Patrimônio da União, Alexandra Reschke. Os próximos volumes, prontos para serem publicados e à procura de parceiros serão “Pampa Gaúcho” e “Marajó – Barreira do Mar”, este último representando o bioma Amazônia.

 

Também conhecida como Costa dos Arrecifes de Corais ou Costa Dourada, a Costa dos Corais é um polo turístico localizado no Nordeste, entre Maceió e Recife, mais especificamente entre Porto de Galinhas, no litoral sul de Pernambuco e Paripueira, no litoral norte de Alagoas.

 

Segundo o autor, Miguel von Behr, “os corais brasileiros são verdadeiros oásis marinhos, únicos em todo o Atlântico Sul, mas ameaçados de extinção devido à elevação da temperatura das águas, provocada pelo aquecimento global.” Esses privilegiados, mas delicados e intrigantes ecossistemas atuam na proteção da orla marítima, contribuindo para o incremento da economia local, do turismo e da pesca de subsistência das populações tradicionais que dependem direta ou indiretamente desses verdadeiros ‘jardins marinhos tropicais’ para sobreviver. Os corais desempenham importante papel desenvolvimento e reprodução de diversas espécies de peixes.

 

A obra, que conta com o patrocínio da Caixa Econômica Federal e o apoio da Infraero, Secretaria de Patrimônio da União – SPU, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodivesidade – ICMBio, Ibama e Ministério da Cultura por meio da Lei de Incentivo à Cultura – Lei Roaunet, tem 264 páginas e 210 fotografias multicoloridas, além de mapas e reprodução de documentos históricos.

 

O autor destaca a história da ocupação humana na região — tendo Calabar como o mais polêmico personagem da invasão holandesa: primeiro herói ou traidor brasileiro? Além, claro, da exuberância da fauna e flora da região em foco, da rica cultura local, como o Folguedo das Caboclinhas, de Barra do Camaragibe, a saborosa cozinha, criada pelos índios e temperada pelos portugueses, também Jangadas e Jangadeiros, estes, os últimos heróis do mar.

 

Como contribuição ao esforço do Ibama, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade – ICMBio e outros organismos voltados à preservação e proteção da região, o livro descreve as iniciativas de conservação de ecossistemas, como a Área de Proteção Ambiental (APA) da Costa dos Corais, a maior unidade de conservação marinha brasileira, os projetos Orla, Peixe-boi marinho e Cavalo marinho.

 

Um livro para estudo e consulta e para quem deseja conhecer melhor a Costa dos Corais e se preocupa com seu futuro sustentável.

 

Contatos:

Miguel von Behr – (61) 9283-4160 / miguelvonbehr@gmail.com

Somos Editora – (12) 3322-9113 / somos.editora@terra.com.br

 

 

  As imagens foram cedidas por Miguel von Behr